FÉRIAS!!! Viaje Verde

2018 chega ao fim e já começa um ano de muito calor e muitas novidades. Todos merecem férias, descanso, com uma boa pausa para refletir, para recuperar as energias e para recomeçar.

A equipe do blog Vinavina também vai tirar férias. Em fevereiro de 2019 voltaremos com força total para compartilhar as boas novas, as boas práticas socioambientais e as transformações positivas que todos nós somos capazes de promover. Novidade é o que não vai faltar!

Guia do Turista Responsável

1- Seja aberto a culturas diferentes, vivenciando e respeitando as tradições e práticas sociais locais.

 2- Respeite os direitos humanos. Qualquer forma de exploração vai contra os princípios básicos do turismo.

 3- Ajude a conservar o meio ambiente. proteja a flora e a fauna e não compre produtos feitos a partir de plantas e animais selvagens.

 4- Respeito o patrimônio artístico, arqueológico e cultural do local que visita.

 5- Contribua para o desenvolvimento local, comprando o artesanato e outros produtos locais.

 6- Antes de viajar, informe-se sobre as condições sanitárias, atendimento a turistas e a emergências do seu destino.

 7- Dedique-se a saber o máximo possível sobre os costumes, normas e tradições, e evite comportamentos que possam ofender as populações do destino.

 8- Informe-se sobre a legislação local para não cometer atos ilegais. Não trafique drogas, armas, antiguidades ou espécies protegidas.

fonte: Organização Mundial de Turismo

Turismo Consciente 

De acordo com a OMT (organização Mundial do Turismo), as viagens e o turismo responsáveis devem ser praticados como um meio de desenvolvimento pessoal e coletivo. Se feitos com a mente aberta, são um fator insubstituível de educação, tolerância mútua e aprendizagem sobre a diversidade entre os povos e culturas.

O cuidado do turista consciente começa no momento da contratação da agência de viagens. É importante privilegiar empresas que seguem alguns princípios básicos nas suas operações, como gerar o mínimo impacto ambiental possível, valorizar a cultura e a mão-de-obra locais e pautar suas atividades pela economia dos recursos naturais. Portanto, é indicado informar-se sobre a conduta ética do prestador de serviço. A OMT elaborou o Código Mundial de Ética do Turismo, um guia de princípios e práticas responsáveis a serem seguidos pelo envolvidos no setor.

Ainda antes de chegar ao destino, é fundamental que o turista se informe sobre os costumes, a legislação e as tradições locais. Estar informado evita gafes e atitudes que podem ser consideradas ofensivas ou até mesmo ilegais.

O melhor modo de conhecer as atrações turísticas é contratar um guia da região, pois além do conhecimento único, você estará gerando renda e promovendo o desenvolvimento da população local. Lembre-se também de valorizar produtos artesanais feitos pelas comunidades e de não comprar plantas e animais selvagens.

O turismo consciente significa também respeito aos patrimônios artístico, arqueológico, ambiental e cultural do local visitado. Isto é, o turista procura compartilhar experiências sem impor seus costumes e não exige privilégios ou práticas que possam causar impactos negativos.

 

Equilíbrio ecológico

O meio ambiente é fundamental no controle climático e na captura dos gases de efeito estufa – decorrentes principalmente da atividade industrial e da queima de combustíveis fósseis. Por isso, a preservação dos ecossitemas e da biodiversidade é tão importante para as sociedades.

O consumo consciente é o melhor instrumento de que os indivíduos – e por extensão a coletividade – dispõem para conter a ação predatória do homem em relação ao meio ambiente. Usar os recursos naturais de forma responsável, refletir sobre as escolhas de consumo, e se informar sobre a origem dos produtos, são algumas das possibilidades de ação do consumidor consciente.

Matéria completa: Turismo consciente leva em conta os impactos da atividade

 

Clique na imagem e curta boas dicas

 

Impactos Ambientais Positivos e Negativos

Viajar é incrível e, ao mesmo tempo, bastante desafiador quando se pensa em manter uma rotina na qual valores ligados à sustentabilidade sejam mantidos.

É o canudinho que vem no seu suco verde, as embalagens da comida por causa da falta de cozinha própria e até o onde e o quê comprar que desviam viajantes como nós do ideal sustentável.

Veja como viajar VERDE:

Viajante Sustentável: como gerar impacto ambiental e social positivo

15 boas práticas que fazem de si um viajante sustentável

Impacto do Turismo Sobre o Meio Ambiente

Impactos Positivos e Negativos do Turismo na Natureza

Turismo e Meio Ambiente: Impactos

Pesquisadora levanta efeitos negativos do turismo pelo mundo

 

O Verão está apenas começando! Por isso, é bom ter muitos cuidados com o calor, com a saúde, com o planeta. Cuide de você, cuide da sua família e dos amigos, cuide da sua casa, cuide da sua rua, cuide da sua cidade.

Ótimas férias para todo mundo!  

2018 chegou ao fim. Depois das festas, todos merecem uma boa pausa para refletir, para recuperar as energias e para recomeçar. O blog Vinavina também vai tirar férias.
Em fevereiro de 2019 voltaremos com muitas novidades. Vamos recomeçar e renovar a confiança na força do movimento coletivo e positivo. O Verão está apenas começando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *