365 dias sem Marielle Franco

Há exatamente 1 ano ocorreu o assassinato de Marielle e, coincidentemente, também é comemorado nesta data, o Dia da Poesia.

Assim, diante de tantas incoerências e obscuridades que tem nos rodeado nesses últimos tempos, gostaríamos de marcar o dia de hoje com a bela homenagem de autoria de Rodrigo Tufão (Metroviário, cipista da linha 1 Azul São Paulo):

A POESIA PARA MARIELLE FRANCO

Foram nove tiros 
Alguns recados

No centro
Dentro do carro

Ali
Para todos verem
Todos temerem

No mesmo chão 
Que já morreram escravos

Em um passado 
Ainda presente

Em cada viela
Cada favela

Hoje
Lamentamos

Amanhã 
Levantamos

Por Marielle

Por todas

Que morreram 
Lutando

Que viveram
Sonhando

– Rodrigo Tufão

2 thoughts on “365 dias sem Marielle Franco

  1. Cirlene

    Bonita poesia!!!!
    Infelizmente muitos morreram e ainda vão morrer por ir contra um sistema que deixa os menos favorecidos à margem da sociedade.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *